Breaking News

Error rendering macro 'rss' : java.io.IOException: Failed to recover from an exception: http://environmentalhealthnews.org/archives_rss.jsp?sm=&tn=1title%2Clede%2Cdescription%2Ctext%2Csubject%2Cpublishername%2Ccoverage%2Creporter&tv=toxicology&ss=1

Cádmio


O Cádmio é um elemento tóxico clássico que apresenta efeitos adversos se ingerido ou inalado e pode ser fatal dependendo da dose. Além disso, é também tóxico para o meio ambiente, causando danos devido ao descarte incorreto de produtos que o possuem em sua composição.

Estrutura Química


Sua estrutura química é simples, sendo apenas um átomo de Cádmio. Seu número atômico é 48 e sua massa atômica é de 112 uma (unidades de massa atômica).


Usos


  • Curtimento de couro;

  • Pigmento em corante;

  • Baterias recarregáveis Ni-Cd;

  • Células solares;

  • Liga para soldas;

  • Produção de tinta e plástico;

  • Gravação;

  • Lâmpadas de Cádmio a vapor;

  • Tratamento parasitário em animais de fazenda;

  • Tubos de televisão velha;

  • Eletrização de outros metais.

Exposição


A maior parte do Cádmio, liberado quando carvão ou tabaco são queimados no ambiente, se deve à poluição por resíduos e refinação de minérios metálicos. Sua toxicidade ocorre pela inalação de partículas aéreas ou pela ingestão de peixes e, principalmente, mariscos contaminados.

Impacto das Propriedades Físico-Químicas na Toxicidade


É mais comumente encontrado como sal no estado de oxidação 2+, como óxido, sulfito ou sulfato. Ao contrário de pequenas quantidades, que são excretadas pelo corpo junto com a metalotioneína, grandes quantidades do metal não conseguem ser metabolizadas, sendo acumuladas nos órgãos. Uma vez absorvido, permanece no organismo boa parte da vida, pois sua meia vida é de 10 anos. Não se conhece o mecanismo, mas acredita-se que o estado de oxidação 2+ ajuda a se esconder no corpo, pois fica similar ao cálcio ou zinco.

Mecanismos de Toxicidade


Apesar de sua meia-vida longa e da falta de habilidade do corpo em metabolizá-lo propriamente, seu mecanismo de toxicidade não é conhecido. Estudos concluíram que, quando absorvido, pode substituir o zinco ou o cálcio - já que todos encontram-se no estado de oxidação 2+ e possuem tamanhos similares quando ionizados – e que o cádmio induz a produção de espécies reativas de oxigênio (EROs), que por sua vez altera o metabolismo; acredita-se que isto indica que a toxicidade seja causada pela peroxidação lipídica e pela produção de radicais livres. Além disso, afirma-se que o cádmio inibe a glutationa peroxidase, o que resulta numa menor defesa contra a peroxidação lipídica.

Efeitos Adversos


Quando absorvido pelo organismo em quantidades superiores a 10 miligramas, há efeitos adversos agudos e, durante um longo período de exposição, pode ser fatal. O Cádmio causa danos renais, cardíacos e ósseos e acredita-se ainda que seja carcinogênico. Os sintomas incluem proteinúria, salivação, asfixia, vômitos, sabor metálico na boca, perda de olfato e dor nas articulações.

No início, há aumento da excreção das proteínas de ligação ao retinol; isto se deve aos danos nos túbulos, o que impede a reabsorção das proteínas. Quando há uma exposição a longo prazo, proteínas maiores – como a albumina – são liberadas na urina devido a uma disfunção da membrana glomerular.

Pesquisa sobre a Toxicidade do Cádmio


Houveram diversas tentativas para determinar o mecanismo relacionado com a toxicidade do cádmio, mas nenhuma foi conclusiva. Recentemente, foram feitos estudos quanto à tolerância ao metal. Os resultados mostraram que os genes e as funções celulares são importantes na defesa contra ele e que a fosforilação da quinase Snf1p contribui para a tolerância. O estudo foi feito a partir da exposição do gene de deleção de mutantes da levedura Saccharomyces cerevisae ao cádmio e o monitoramento e triagem de seu crescimento. Mais informações podem ser obtidas no estudo.

Tratamento


A intoxicação é irreversível. O cádmio permanece no sistema por muito tempo e será lentamente excretado junto com a metalotioneína. Já foi utilizada hemodiálise para a liberação do metal não absorvido pela corrente sanguínea e, algumas vezes, quelação com EDTA pode auxiliar na produtividade do procedimento.

Referências


Bortman, Marci, Peter Brimblecombe, and Mary Ann Cunningham. 2003. "Cadmium." Environmental Encyclopedia. Vol. 1, 3rd edition.

Brown, James M. 1999. Cadmium Pigments. (Accessed 31 Mar. 2009)

Congui, L., M. Chicca, A. Pilastro, M. Turchetto, and L. Tallandini. 2000. Effects of chronic dietary cadmium on hepatic glutathione levels and glutathione peroxidase activity in starlings. Archives of Environmental Contamination and Toxicology, 38:357-361.

Darwish, Ibrahim A., and Diane A. Blake. 2002. Development and validation of a one-step immunoassay for determination of cadmium in human serum. Analyical Chemistry, 74.1:52-58.

Longe, Jacqueline L. 2005. "Cadmium poisoning." The Gale Encyclopedia of Alternative Medicine. Vol. 1, 2nd edition.

Novelli, E.L.B., S.F.G. Marques, J.A. Almeida, Y.S. Diniz, L.A. Faine and B.O. Ribas. 2000. Toxic mechanism of cadmium exposure on cardiac tissue. Toxic substance mechanisms, 19.4:207-217.

Penney, Jennifer. 1993. Background information on cadmium poisoning in support of 'fact sheet' for lay adjudicators Occupational Disease Standards Panel. (Accessed 24 Feb. 2009)

Sutoo, Den'etsu, Kayo Akiyama, and Shunichiro Imamiya. 1990. A mechanism of cadmium poisoning: the cross effect of calcium and cadmium in the calmodulin-dependent system. Archives of Toxicology 64: 161-164.

Tahara, Norimasa. "Pollution afflicts Thai farmers/Toxic cadmium poisoning symptoms similar to 'Itai-itai' disease." Daily Yomiuri. Feb. 25, 2009.

Thorsen, Michael, et al. 2009. Genetic basis of arsenite and cadmium tolerance in Saccharomyces cerevisiae. BMC Genomics, 10:105. (Accessed 31 Mar. 2009)

"The facts on cadmium." 2005. Darmouth Toxic Metals Research Program. (Accessed 25 Feb. 2009)

"Healthy Milk, Healthy Baby." 2005. Natural Resources Defense Council. (Accessed 31 Mar. 2009)

 

-

Tradução realizada por: Ana Beatriz Gouveia

Link para a página em inglês: Cadmium (Cd)

  • No labels