Breaking News

Error rendering macro 'rss' : java.io.IOException: Failed to recover from an exception: http://environmentalhealthnews.org/archives_rss.jsp?sm=&tn=1title%2Clede%2Cdescription%2Ctext%2Csubject%2Cpublishername%2Ccoverage%2Creporter&tv=toxicology&ss=1

Sócrates (PT-BR)

Visão Geral


Sócrates (469 aC - 399 aC) foi um antigo filósofo grego amplamente conhecido por estabelecer a base para o desenvolvimento filosófico ocidental e o método socrático de debate e ensino. Acredita-se que foi envenenado depois de ser condenado à morte pelo tribunal ateniense por impiedade e corrupção da juventude ateniense através de seus ensinamentos. 

Escolheu morrer por ingestão de cicuta, cujo componente químico ativo, o alcalóide conina, pode causar paralisia, convulsões e morte. A maioria das informações sobre Sócrates vem de seus contemporâneos, incluindo Xenofonte e seus alunos, principalmente Platão.

Perspectiva Toxicológica


A influência de Sócrates sobre o estudo toxicológico repousa principalmente sobre a maneira de sua morte. Depois de ter sido julgado e condenado por corromper a juventude e inventar novas divindades, foi condenado a morrer por meio da bebida de cicuta. Foi-lhe dada a opção entre a morte ou deixar Atenas, mas ele sentiu que seria mais digno morrer em sua cidade natal. Portanto, aos 70 anos, administrou o veneno em si mesmo.

Biografia


A totalidade do que se sabe sobre Sócrates vem de outras pessoas, visto que nenhuma escrita própria sobreviveu. Platão, um de seus alunos, e Xenofonte, um dos seus contemporâneos, são as principais fontes de informação sobre a sua vida. O que se sabe é que ele era casado, possuía alguns filhos e provavelmente serviu no exército grego, sendo que essas experiências influenciaram muito seus ensinamentos éticos. Ele dedicou a maior parte de seu tempo a discutir filosofia e pode ter precisado da generosidade dos outros para apoiar o seu estilo de vida.
O julgamento de Sócrates coincidiu com uma época tumultuada em Atenas. O tribunal foi fortemente influenciado pela noção de que os deuses estavam diretamente envolvidos na proteção de certas cidades, incluindo Atenas. A derrota na Guerra do Peloponeso foi tomada como um sinal da deusa Atena, indicando que o povo ateniense não era digno, e os líderes sentiram que Sócrates estava levando os cidadãos na direção de outros deuses, mesmo o filosofo tendo negado tais alegações.
As acusações tiveram origem em uma apuração que Sócrates fez para investigar se alguém em Atenas era mais inteligente que ele. Ao fim dessa experiência, com base no fato de que ninguém parecia superá-lo, ele concluiu que era o mais inteligente, pois ele sabia que ele não sabia nada. Seu intelecto superior perturbou os oficiais atenienses que foram questionados publicamente e, então, acabou sentido sua ira.
Sua contribuição mais importante para o pensamento moderno, além de instruir Platão, era seu estilo pedagógico. O método socrático é um método dialético de investigação: responder a uma pergunta com uma pergunta. Foi usado primeiramente para investigar conceitos éticos e morais. Por causa de suas contribuições ele é considerado o pai do pensamento ocidental moderno.

Links externos


Sócrates – Wikipédia

Cicuta - Wikipedia

Conina – Wikipédia (em inglês)

Tradução realizada por: Breno Ferreira Rocha Lima

Link para a página em inglês: Socrates

  • No labels