Breaking News

Error rendering macro 'rss' : java.io.IOException: Failed to recover from an exception: http://environmentalhealthnews.org/archives_rss.jsp?sm=&tn=1title%2Clede%2Cdescription%2Ctext%2Csubject%2Cpublishername%2Ccoverage%2Creporter&tv=toxicology&ss=1

Visão Geral


Clorobenzilideno-malononitrilo, também conhecido como CS ou gás de CS, é o composto químico ativo mais comumente encontrado nos gases lacrimogênios da América do Norte e Europa. Dois cientistas britânicos, Ben Corson e Roger Stoughton, desenvolveram o composto na Middlebury College. Os efeitos à exposição a esse composto através de sua forma mais comum, gás lacrimogênio, vão desde uma irritação nos olhos e nas mucosas até vômitos, que duram mais de uma hora. No entanto, pesquisas mostram que pessoas com condições prévias, tais como asma, doenças cardiovasculares e hipertensão podem sofrer efeitos mais duradouros e agravamento de suas condições prévias. Raramente, a exposição em certas condições, como um espaço confinado, condições preexistentes e grandes concentrações de CS pode ser fatal. O gás de CS substituiu o gás CN, seu similar, uma vez que o primeiro é dez vezes mais forte e significativamente menos tóxico. 

Características Químicas


 

ClC6H4CHO + H2C(CN)2  ClC6H4CHC(CN)2 + H2O


O CS é sintetizado pela reação de 2-clorobenzaldeído e malononitrilo através da reação de Condensação de Knoevenagel. Essa reação é catalisada com uma base fraca, como piperidina ou piridina. O método de produção não mudou desde sua descoberta, porém outras bases, métodos sem solvente e o emprego de micro-ondas foram sugeridos para melhorar o rendimento.

Considerando que o 2-clorobenzalmalononitrilo é sólido à temperatura ambiente, não um gás, uma variedade de técnicas têm sido usadas para transformá-lo em aerossol:

  • Derretido e pulverizado na forma fundida;

  • Dissolvido em solventes orgânicos;

  • CS2 pó seco (CS2 é uma forma siliconada, micro pulverizada de CS);

  • CS de granadas térmicas por geração de gases quentes;

Efeitos Adversos


Efeitos mais comuns

O CS, quando utilizado na sua forma mais comum, em aerossol, provoca a irritação das mucosas dos olhos, nariz, garganta e estômago. O efeitos resultantes são: lacrimejamento, conjuntivite, dor de cabeça e sensação de queimação. Outros efeitos incluem vômitos e vermelhidão da pele. Esses efeitos normalmente se dissipam dentro de uma hora após a exposição, porém várias pesquisas mostraram que a irritação oral e respiratória duram até um mês após a exposição inicial.

Efeitos graves

Além dos efeitos comuns da exposição ao CS, foram registrados vários casos que detalham efeitos mais severos e de maior duração do composto químico.

Dermatite bolhosa

Extrema inflamação e bolhas na pele. Esse sintoma é visto com maior frequência em pessoas que foram expostas repetidamente ao CS. Pesquisadores acreditam que as pessoas podem desenvolver uma alergia de contato após a sua primeira exposição, tornando os efeitos em futuras exposições mais intensos e duradouros.

Dano às cordas vocais e à garganta

 Em um estudo de caso, quando um ser humano foi exposto a altos níveis de gás CS em uma área confinada por dez segundos, suas graves condições de saúde levaram cinco semanas para serem completamente esclarecidas. As cordas vocais estavam inchadas e uma crosta havia se acumulado na traqueia causando problemas respiratórios. Os médicos acreditam que a gravidade e a duração desses efeitos aumentam com exposições prolongadas. Efeitos mais duradouros, como apnéia do sono e perda de fôlego após exercício ou trabalho extenuante foram experimentados por várias pessoas meses após a exposição.

Efeitos da ingestão

Quando CS é ingerido, os efeitos são típicos de outros tipos de exposição, como irritação ocular, dor de cabeça, sensação de queimação na boca e na garganta e pele da face irritada. Efeitos menos comuns e mais intensos incluem vômitos, diarreia e dor abdominal.

Tratamento


Se exposto ao gás CS, a primeira coisa que uma pessoa deve fazer é respirar ar fresco. Quanto mais tempo inalar o gás, mais tempo os efeitos vão durar, com o potencial para efeitos mais graves surgiram. A falta de ar pode acontecer e, se durar mais de 60 segundos, oxigênio suplementar pode ser necessário. Para a exposição dos olhos, é necessário lavá-los com água à temperatura ambiente ou com solução salina durante 15 minutos. Se a irritação persistir consulte um médico.

Resíduo de Gás CS


Depois de ser libertado na forma de gás, o CS se transforma em um pó sólido, que tem os mesmos efeitos irritantes que o gás. Isto é mais preocupante quando o gás é liberado em uma área fechada, pois ele é capaz de entrar em cada canto da sala ou nas estruturas que nela estejam. Sem a limpeza adequada, ele pode persistir por meses ou anos; o que representa um sério problema, uma vez que a exposição repetida pode gerar uma reação alérgica ao CS, tornando exposições futuras mais perigosas.

No Brasil


No Brasil, em 2013, o gás lacrimogêneo foi largamente utilizado na repressão às manifestações populares de protesto. Durante um desses eventos, em Belém (Pará), no dia 20 de junho, a gari Cleonice Vieira de Moraes, de 54 anos, inalou o gás, lançado pela Polícia Militar do Estado, e morreu na manhã seguinte. A vítima trabalhava na limpeza noturna do centro de Belém. Durante a radicalização dos protestos em frente à prefeitura da cidade, Cleonice e outros trabalhadores se protegeram dentro de um bonde restaurado, destinado a visitação turística da cidade. Após a explosão das bombas, Cleonice passou mal e teve parada cardíaca. Ela chegou a ser socorrida mas não resistiu.

Referências Bibliográficas



Tradução realizada por: Jayanaraian Martins

Link para a página em inglês: Chlorobenzylidene-malononitrile

  • No labels